crie uma conta  //  faça seu login:
senha:
site/fórum:
03/01/2012 17:30:00 (701 leituras)
Retrospectiva 2011 - 1º Semestre



O tempo passou e o ano de 2011 está terminado, foram seis campeonatos e dois eventos concluídos.

Temos o prazer de dizer que apesar de trancos, barrancos, reformulações, novos formatos e problemas; conseguimos mais uma vez finalizar um ano. O ano de 2011.

Parabenizamos a todos os pilotos, a staff, e também todos aqueles que contribuíram através de auxílio, idéias ou donativos para que tudo fosse realizado.

Por meio desta matéria especial, vamos relembrar os melhores momentos do que aconteceu em 2011, de fatos intrigantes até fatos que valem risadas. Ressaltamos que as coisas serão resumidas e enxugadas, portanto nem tudo estará aqui.
Pra começar, o Campeonato XFR 2011 de férias. Ah, as férias! Maravilhosas! Todos os pilotos (ou grande parte deles) de férias e um grid recheado com gente que faria de tudo por uma vitória. Uma igualdade incrível deixou o campeonato ainda mais divertido e emocionante, rendendo uma média de 26 carros por corrida. O carro: XF GTR. Dianteiro, rápido e de pilotagem fácil, algo que facilitou a vida dos pilotos.

Algumas surpresas aconteceram no XFR. Numa das quatro etapas, vimos Vitor Scarpa, o Boi, figura querida da Liga, vencer sua primeira corrida na carreira, de forma emocionante. Após relargada na última volta do GP de Fern Bay Gold, Diogo Fernandes errou e cedeu a posição para Boi, que teve apenas que levar o carro até o fim, já que um toque entre Diogo Fernandes, Leandro Heredia e Rennan Guzzo na entrada da ponte causou um dos maiores acidentes da história da LFSBR desde o Big One de Guilherme Piva no oval de Kyoto em 2009.


XFR em Fern Bay Gold: A prova mais disputada do ano de 2011

Os irmãos Discacciati também fizeram bonito ajudando a equipe P1 a conquistar o campeonato de equipes. Daniel não só fez a pole da corrida de abertura, mas também venceu a corrida. Esta era apenas sua segunda prova oficial pela LFSBR. Fábio freqüentou o pódio e o Top Five algumas vezes, quase sempre colado no irmão. Carlos Gomes, que freqüentava os pódios desde 2009, venceu sua primeira corrida na Liga. Guilherme Corso também venceu pela primeira vez.

E o campeão foi Lucas Araújo, que finalmente venceu seu primeiro campeonato na LFSBR depois de ter sido vice campeão em outras duas ocasiões. E que surra. O piloto do nordeste venceu mais da metade das baterias disputadas.

O vice campeonato ficou com o mineiro Daniel Discacciati, seguido por Guilherme Corso e Kaique Piropo, Thiago Cardoso completou o Top Five do primeiro campeonato de 2011. No campeonato de equipes a Position 1 se sagrou campeã, deixando o vice com a RST e o 3° lugar com a Maximum Racing.

No total, 46 pilotos alinharam no grid do XFR 2011.

Depois do XFR, vieram dois campeonatos síncronos. O XF GTi e o Formula XR. Primeiro os carrinhos de rua, que saem das estradas para as pistas. No começo do campeonato, as médias foram boas chegando a 18 pilotos por etapa, mas logo caiu para 15 por etapa. Talvez tenha sido o sistema de pontuação semanal, onde um piloto pode correr ambos os dias, ou somente um. A partir de então, a LFSBR decidiu abolir este sistema para o 2° semestre, a fim de evitar um pequeno número de pilotos no grid em certo dia.

O GTi foi marcado por constantes brigas no pelotão da frente, de gente que costumava andar no meio. Murilo Specht, venceu uma das provas do Rally, por exemplo. Apesar do jogo de equipe com Lucas Araújo, o gaúcho mereceu. Jocemar Filho também venceu merecidamente, visto que fez um campeonato brilhante. Diogo Fernandes também venceu, o piloto apenas teve o trabalho de levar o carro para o fim com a presença de mais dois pilotos na pista; mas chegar em primeiro sempre contou como vitória, este caso não é exceção.


XF GTi: Grid cheio na 1ª etapa

Mesmo com o equilíbrio, Lucas Araújo abriu no começo e venceu o campeonato XF GTi 2011 sem dificuldades. Marcelo Neiva ficou com o vice-campeonato e Jocemar Filho foi o 3° colocado, com Diogo Fernandes em 4° e Murilo Specht em 5°.

A RST venceu o campeonato de equipes. O vice campeonato ficou com a SVR e a Maximum Racing foi a 3ª colocada.

40 pilotos participaram do campeonato.

No Formula XR, domínio absoluto dos pilotos Lucas Araújo e Carlos Gomes, que duelaram entre si em grande parte do campeonato. Lucas Araújo teve destaque logo na 1ª etapa do campeonato, após largar da 16° e última posição, abusar de vários erros primários durante a prova, e cair para último mais de uma única vez, o piloto conseguiu se recuperar e ainda venceu a prova de forma fenomenal.


Formula XR: Lucas Araújo e Carlos Gomes dominaram o campeonato

Durante o campeonato, Araújo venceu 5 vezes e Gomes 3 vezes, Marcelo Neiva e Ângelo Carlos foram os outros pilotos que conseguiram vencer, uma vitória cada um. O campeão mais uma vez foi Lucas Araújo, Carlos Gomes foi o 2° colocado, o 3° foi Ângelo Carlos, o 4° foi Leonardo Spricigo e o 5° Ruan Luiz Dreyer.

A Position 1 venceu o campeonato de equipes, seguido pela RST e pela SVR.

32 pilotos participaram ao longo do campeonato.

Como de praxe, a LFSBR decidiu findar o 1° semestre de 2011 com uma tradicional prova de longa duração, que tinha as trocas de pilotos durante a prova como foco.
Para o evento, a organização definiu 3 horas de corrida em duplas, com os carros Turbo. Estava lançado evento 3h de Aston (que serviria de base para o evento de confraternização do final do ano).

Por ocasião da data e horário, alguns pilotos não puderam comparecer. O traçado reverso de Aston National parecia simples a primeira vista, mas apenas parecia. Para uma prova de 3 horas, a concentração e a constância foram os fatores cruciais dos resultados. A pole ficou com a dupla Diego Pinheiro e Fábio Discacciati (que marcou o tempo), desbancando Marcelo Neiva/Kaique Piropo por 2 décimos. Quem soube manter melhor os pneus também se deu bem. Azar de Xando Blos, que estourou os pneus do FXO na última volta e abandonou o endurance. A dupla Kaique Piropo/Marcelo Neiva venceu a prova, seguido do carro de Lucas Araújo/Igor Kops e Andreas Specht. O 4° foi Diego Pinheiro/Fábio Discacciati e Guilherme Ribeiro foi o 5°. 19 pilotos participaram do endurance.


3h de Aston: Primeiro endurance do ano

No primeiro semestre de 2011, Lucas Araújo foi o destaque, sem sombra de dúvidas. Campeão do XFR, campeão do FOX, do GTi e ainda levou o 2° lugar das 3h de Aston. Entretanto, no 2° semestre conseguiria Araújo continuar com toda esta facilidade e domínio?


Lucas Araújo: Três campeonatos, três títulos

Fiquem ligados! O próximo post vai trazer as lembranças do Campeonato GTR, Multimarcas, UF1000 e 3h de Westhill.


Enviado por Guzzo
Continuação... | 9 comentários
 

02/01/2012 22:00:00 (486 leituras)
4Fun de Férias


Enviado por Renvon
Continuação... | 22 comentários
 

« 1 ... 4 5 6 (7) 8 9 10 ... 167 »
     RSS



Próximo evento

Servidores Oficiais

Facebook

twitter

Versão Atual
0.6B


Transmissão AO VIVO

Contribua

Apoio


Team Speak


Mobile


Fale com a Diretoria | Parcerias | Lfs.Net | Recomendações
Tema desenvolvido por Daniel Mack

Liga Brasileira de LFS - LFSBR - Copyright © 2005 - 2011